Normas para publicação PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Qua, 11 de Abril de 2012 01:12

 

Artigos científicos, artigos de revisão bibliográfica (suplemento científico) e relatos de caso.
A Revista Brasileira de Cunicultura recebe artigos originais, de revisão bibliográfica e relatos de caso em qualquer momento do ano.

REVISÃO POR PARES: A partir da nona edição, a RBC adotou o sistema de revisão por pares. Os trabalhos serão primeiramente avaliados pela Coordenação Editorial e, se considerados aprovados, são encaminhados a dois relatores doutores, de renomado conhecimento na área específica do assunto. Os trabalhos serão enviados para avaliação sem identificação dos autores. No caso de pareceres contraditórios, haverá a submissão a um terceiro relator, para desempate.

A partir do 13° volume, ano de 2018, todos os relatos de caso e artigos científicos deverão apresentar o número de aprovação do comitê de ética animal (CEUA) correspondente.

Composição do artigo científico: Título (Português, Inglês e espanhol); Resumo; Palavras-chave; Abstract; Key words; Resumen; palabras claves; Introdução com Revisão de Literatura; Material e Métodos; Resultados e Discussão; Conclusão e Referências bibliográficas. Agradecimento(s); Fontes de Aquisição e Informe Verbal, quando for necessário o uso devem aparecer antes das referências.

Composição do artigo de revisão bibliográfica: Título (português, inglês e espanhol), resumo com palavras-chave, abstract com key words e resumen com palabras-claves, introdução, desenvolvimento do assunto, considerações finais e referências.

Composição do Relato de caso
O relato de caso não te formato definido. Para apresentação de resultados não conclusivos obtidos em pesquisas científicas, podem ser adotados os seguinte tópicos: Título, Autores, Resumo, Abstract, Resumen, Introdução, Objetivo, Método, Relato do Caso, Discussão, Considerações Finais e Referências Bibliográficas (pode-se usar as mesmas normas para apresentação de artigos).

Apresentação dos artigos: Com editor de texto Word na versão 97 ou posterior ou BrOffice; tamanho A4 (210 x 297mm); páginas numeradas; fonte Times New Roman, tamanho 12; espaçamento 1,5. Texto (corpo do artigo). Fonte tamanho 12, espaçamento 1,5, justificado.

Título. Usar no máximo 20 palavras, devendo ser apresentado com fonte tamanho 14, negrito e centralizado. Descrever em português, inglês e espanhol (caso o artigo seja em português) – inglês, português e espanhol (caso o artigo seja em inglês) e espanhol, inglês e português (caso o artigo seja em espanhol). Somente a primeira letra do título do artigo deve ser maiúscula exceto no caso de nomes próprios. Evitar abreviaturas e nomes científicos no título. Esses devem aparecer nas palavras-chave e resumo e demais seções quando necessários.

Autores. O(s) nome(s) completo(s) do(s) autor(es) deverá(ão) ser acompanhado(s) em linha da(s) Instituição(ões) a(s) qual(ais) pertence(m), separados por vírgula, com fonte tamanho 12, centralizado. Deve constar o correio eletrônico do autor para correspondência.

Resumo. Deve conter no máximo 1.800 caracteres com espaços. As informações do resumo devem ser precisas e informativas. Evitar resumos extensos. Referências bibliográficas nunca devem ser citadas no resumo. O texto deve ser justificado e digitado em parágrafo único e espaçamento simples, começando por RESUMO.

Abstract e Resumen. Devem ser redigidos no idioma científico, evitando-se traduções de aplicativos comerciais. O texto deve ser justificado e digitado em espaçamento simples, começando por ABSTRACT/RESUMEN, em parágrafo único, iniciado a 1,0 cm da margem esquerda.

Palavras-chave, Key Words e Palabras Chaves. Apresentar até seis (6) palavras-chave, key words e palabras chaves imediatamente após o resumo, abstract e resumen, respectivamente, em ordem alfabética. Devem ser elaboradas de modo que o trabalho seja rapidamente resgatado nas pesquisas bibliográficas. Não podem ser retiradas do título do artigo. Digitá-las em letras minúsculas, com alinhamento justificado e separadas por vírgulas. Não devem conter ponto-final.

Introdução. Deve conter no máximo 2.500 caracteres com espaços, resumindo a contextualização breve do assunto, as justificativas para a realização da pesquisa e os objetivos do trabalho. Evitar discussão da literatura na introdução. A comparação de hipóteses e resultados deve ser feita na discussão. A palavra "Introdução" deve vir a esquerda do parágrafo, em negrito e escrita em inicial maiúscula.  

Material e Métodos. Descrição clara e com referência específica original para todos os procedimentos biológicos, analíticos e estatísticos. Todas as modificações de procedimentos devem ser explicadas.  A expressão "Material e Métodos" deve vir a esquerda do parágrafo, em negrito e escrita com iniciais maiúsculas.

Resultados e Discussão. Os resultados devem ser combinados com discussão. Dados suficientes, todos com algum índice de variação, devem ser apresentados para permitir ao leitor a interpretação dos resultados do experimento. A discussão deve interpretar clara e concisamente os resultados e integrar resultados de literatura com os da pesquisa para proporcionar ao leitor uma base ampla na qual possa aceitar ou rejeitar as hipóteses testadas. Evitar parágrafos soltos e citações pouco relacionadas ao assunto. A expressão "Resultados e Discussão" deve vir a esquerda do parágrafo, em negrito e escrita com iniciais maiúsculas.

Conclusões - Devem ser claras e redigidas no presente do indicativo, em parágrafo único e conter no máximo 1.000 caracteres com espaço. Não devem ser repetição de resultados. Devem ser dirigidas aos leitores que não são necessariamente profissionais ligados à cunicultura. Devem resumir claramente, sem abreviações ou citações, o que os resultados da pesquisa concluem para a cunicultura.  A palavra "Conclusões" deve vir a esquerda do parágrafo, em negrito e escrita com inicial maiúscula.

Referências bibliográficas. Apresentadas em ordem alfabética, justificadas e em espaçamento simples. Utilizar as normas a seguir: 1) As citações dos autores no texto deverão ser feitas com apenas inicial maiúscula seguidas do ano de publicação ou com todas as letras maiúsculas caso estejam dentro de parênteses, conforme exemplos: Resultados semelhantes foram também observados por Scapinello e Ferreira (1999) e Moura et al. (2000), como uma má formação congênita (MACHADO, 2009; BRUM et al., 2005); 2)Todos os autores do trabalho devem ser referenciados. 3) As Referências deverão ser efetuadas no estilo ABNT (NBR 6023/2002), conforme exemplos a seguir:


BERTECHINI A. G. Nutrição de monogástricos. Lavras. Editora UFLA, 2006. 301p.
CARABAÑO R.; PIQUER J. The digestive system of the rabbit. In: DE BLAS, J. C.; WISEMAN, J. The nutrition of the rabbit. Cambridge: CAB International, 1998, p. 1-16.
CHEEKE, P.R.; GROBNER, M.A.; PATTON, N.M. Fiber digestion and utilization in rabbits. Journal Applied Rabbit Research, v. 9, n. 01, p. 25-30, 1986.
FERREIRA V. P. A.; MAURÍCIO R. M.; FERREIRA W. M.; et al. Comparação entre a digestibilidade in vivo e digestibilidade obtida através da técnica in vitro semi-automática de produção de gás de coelhos em crescimento alimentados com dietas contendo diferentes tipos e níveis de gordura. In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 38, 2001, Piracicaba. Anais... Piracicaba: SBZ, 2001. (CD-ROM)
OLIVEIRA A. F.G. Subprodutos da mandioca na alimentação de coelhos. 69 p. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2009.
Documentos eletrônicos: GRIFON, D.M. Artroscopic diagnosis of elbow displasia. In: WORLD SMALL ANIMAL VETERINARY CONGRESS, 31., 2006, Prague, Czech Republic. Proceedings… Prague: WSAVA, 2006. p.630-636. Acesso em 12 fev. 2007. Online. Disponível em: http://www.ivis.org/proceedings/wsava/2006/lecture22/Griffon1.pdf?LA=1
Agradecimentos. Opcional, respeitando-se o máximo de 20 páginas do artigo. Notas de rodapé. Com fonte Times New Roman tamanho 10, justificado.

Uso de tabelas. O título das tabelas deve ser abrangente e escrito com letras em tamanho 12, espaçamento simples. Não utilizar siglas no título da tabela.Todas as tabelas devem ser autoexplicativas, evitando a utilização de siglas e caso sejam utilizadas, descrever o significado das mesmas no rodapé da tabela. Usar tamanho de letra 10 e espaçamento simples para elaboração da tabela. As notas de rodapé deverão ser apresentadas com letra tamanho 9 e em espaçamento simples.

Uso de figura. As figuras utilizadas devem apresentar alta resolução e permitir fácil visualização. Descrever e numerar as figuras com letra tamanho 10, espaçamento simples, sendo a descrição colocada abaixo.

ENDEREÇO PARA ENVIO:
Núcleo de Zootecnia do IFMG – Bambuí
Rod. Bambuí-Medeiros, km 05
Bambuí, MG, Brasil
CEP 38900-000
Tel.: +55 37 3431 5422

e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

 

Última atualização em Ter, 19 de Junho de 2018 19:47